Licensa

20/09/2014

"Classificados Poéticos" de Roseana Murray

Perdi maleta cheia de nuvens
e de flores,
maleta onde eu carregava 
todos os meus amores embrulhados
em neblina.
Perdi essa maleta em alguma esquina
e algum sonho
e desde então eu ando tristonho
sem saber onde pôr as mãos.
Se andando pelas ruas
você encontrar a tal maleta,
por favor, me avise em pensamento
que eu largo tudo e vou correndo...
Nessa parte, ocorre uma aproximação maior com o leitor. Além de explicitar seus sentimentos, ela o convida a uma participação ativa quando cita: "Se andando pelas ruas você encontrar a tal maleta, por favor, me avise em pensamento", a relação fica tão estreita que basta "o pensamento" para haver a comunicação. Esse envolvimento faz com que o texto flua melhor.

Os elementos "nuvens" e "flores" são aproximados, e, ao analisarmos a oposição de lugar em que se encontram (um no céu, outro na terra), temos a figura de pensamento antítese. "Lugar" é mais uma vez mencionado e encontra suporte em termos como: "esquina", "ruas", "vou correndo"; todos fazendo referência a lugares.

O jeito sonhador e romântico é evidenciado também em "nuvens" e "flores". E este romantismo é grifado em: "todos os meus amores embrulhados em neblina", ou seja, amores que já não mais iluminam, que foram encobertos por outros sentimentos. A ligação com o passado fica evidenciada nessa passagem, o sentimento de tristeza por ter deixado para trás sonhos que não foram adiante, e, que passam a sensação de vazio que ela mesma exemplifica em: "sem saber onde pôr as mãos", isto é, não tem mais o apoio que esses "sonhos" forneciam.

A metáfora ganha espaço dentro deste universo imaginário. É incontestável a qualidade estilística decorrente de uma visão impressionista, atraindo com mais eficácia o público infanto- juvenil. Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário