Licensa

01/12/2013

O Poder de um Sonho

Untitled
“Não é o crítico que conta;
não é o homem que aponta onde o forte tropeçou ou onde quem realizou podia tê-lo feito melhor.
O crédito cabe ao homem que está de fato na arena, cuja face está desfigurada pela poeira, pelo suor, pelo sangue;
que luta valentemente; 
que erra;
que fica reprimido vez após vez. 
Que conhece os grande entusiasmos e as grandes devoções.
Que se desgasta por uma causa justa. 
Que na melhor das hipóteses, conhece no final o triunfo das altas realizações e na pior, se fracassa, pelo menos fracassa ao arriscar-se grandiosamente.
De forma que o seu lugar jamais será ao lado daquelas almas tímidas, que não conhecem nem a vitória, nem a derrota;
e que vivem na penumbra cinzenta dos que nada realizaram e nada sofreram, porque nunca tentaram.”
O Poder de um Sonho (Autor desconhecido)
Adaptado por Frank Viana Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário