Licensa

06/06/2013

QUEM FOI ANTOINE DE SAINT-EXUPÈRY?

A carreira de escritor de Saint-Exupèry começou com sua estadia no norte da África. As belas paisagens, os desertos e a vida africana o inspiraram a contar histórias. Mas se engana quem pensa que o escritor ficou somente nos livros infantis. O escritor também escreveu livros de não-ficção e romances que se parecem cm livros de viagem, inspirados por sua vida como piloto e pelos países onde viveu e que visitou.
Viveu por um tempo na Argentina, onde se casou com Consuelo Gomes Carillo. O casamento era bastante conturbado e por diversas vezes Antoine foi abertamente infiel. De personalidade nômade, o escritor se sentia mais à vontade pilotando do que em terra firme. Apesar da facilidade em pilotar, Antoine de Saint-Exupèry sofreu dois graves acidentes: em 1935, no deserto da África e, em 1937, na Guatemala.
Empolgado com a Força Aérea Francesa, alistou-se para participar da Segunda Guerra Mundial. Todavia, a infraestrutura da aviação de seu país não era muito organizada. Assim, foi ficando cada vez mais deprimido diante da fraqueza da França em relação à ocupação alemã.
Em 1944, o avião de Saint-Exupèry, um P-38 Lightning, desapareceu enquanto sobrevoava o Mediterrâneo. Não se sabe ao certo se ele foi derrubado, se sofreu um acidente ou se cometeu suicídio. O corpo e a aeronave jamais foram encontrados. Atribui-se o dia 31 de julho de 1944 como data de morte do aviador e escritor.
SUAS HISTÓRIAS
Grande amante dos desertos, muitas de suas histórias falam o isolamento e os pensamentos etéreos proporcionados pela vida nas alturas. Suas narrativas são consideradas oníricas, recheadas com lembranças de viagem e o chamada realismo mágico, em que coisas reais são contadas com toques fantásticos. Suas principais obras são O Pequeno Príncipe (1943), Piloto de Guerra (1942), Terra dos homens (1939), Correio Sul (1929) e O Aviador (1926) Fonte
"CONHEÇO APENAS UMA LIBERDADE: A LIBERDADE DA MENTE”
(Antoine Saint-Exupèry)
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário