Licensa

05/05/2013

Amo - J.G.de Araujo Jorge

Large
Amo a terra! Amo o sol! Amo o céu! Amo o mar!
Amo a vida! Amo a luz! Amo as árvores! Amo
a poesia que escrevo e entusiasta declamo
aos que sentem como eu a alegria de amar!

Amo a noite! Amo a antiga palidez do luar!
A flor presa aos cabelos soltos de algum ramo!
Uma folha que cai! Um perfume no ar
onde um desejo extinto sem querer inflamo!

Amo os rios! E a estranha solidão em festa,
dessa alma que possuo multiforme e inquieta
como a alma multiforme e inquieta da floresta!

Amo a cor que há nos sons! Amo os sons que há na cor!
E em mim mesmo - amo a glória de sentir-me um Poeta
e amar imensamente o meu imenso amor!
Large
J. G. de Araújo Jorge pode estar esquecido pela crítica — e dificilmente terá lugar na história da poesia brasileira —, mas jamais pode ser menosprezado. É um dos poetas mais frequentados nas páginas da internet e talvez seja um dos mais lembrados, lidos e copiados pelos enamorados.
Autor de vasta obra (36 livros), sem esquecer o trabalho de divulgação da poesia que ele desenvolvia, ainda é um dos poetas mais buscados nos sebos, já que sua obra não é — falta tino aos editores — reeditada.
Ele nasceu na Vila de Tarauacá (ACRE), onde passou a infância e cursou o primário. Mudou-se para o Rio de Janeiro, onde, ainda ginasiano, sua primeira colaboração na imprensa adulta: em 1931, publicou o primeiro poema "Ri Palhaço, Ri" no "Correio da Manhã", depois transcrito no "Almanaque Bertand" de 1932.
No Externato Colégio Pedro II, chegou a merecer, em certame, o título de o "Príncipe dos Poetas", sendo saudado na festa por Coelho Neto.
Foi locutor e redator de programas radiofônicos, e professor de História e Literatura do Colégio Pedro II. Foi candidato a vários cargos públicos. Elegeu-se Deputado Federal por três Legislaturas , chegando a exercer a liderança do MDB. Era conhecido como o Poeta do Povo e da Mocidade, “pela sua mensagem social e política e por sua obra lírica, impregnada de romantismo moderno, mas às vezes, dramático” — como assinalada acertadamente um site da internet.
Faleceu em 27 de Janeiro de 1987.

Nenhum comentário:

Postar um comentário