Licensa

16/10/2012

Teatro - Chapeuzinho Vermelho

Tumblr_lmsfzvsklr1qhv7ebo1_500_large
O boneco de vara é um tipo de de boneco manipulado através de varas, que podem ser de madeira, plástico ou metal leve (como por exemplo o alumínio). Pode ser tanto um simples objeto preso numa vara como também ser constituído por mecanismos com várias varas para movimentar boca, braços e pernas. Alguns bonecos, devido à complexidade de sua manipulação, podem precisar de mais de um titereiro para movimentá-los. Fonte
Os alunos do segundo ano do período da manhã - professora Eloísa - prepararam e apresentaram um teatro de varas do clássico "Chapeuzinho Vermelho". Veja fotos abaixo:
Preparação: repassando as falas em grupo
Apresentação:
A importância da arte na educação
(...) Não deve, portanto, ser tratada como simples entretenimento, mas, sim, como uma área do conhecimento, com conteúdos próprios, que precisam ser aprendidos para que nos tornemos sujeitos falantes no desenho, na pintura, na construção, na modelagem.
Como qualquer aprendizado, requer um tempo, um espaço e o respeito ao nível de desenvolvimento intelectual e emocional de cada aluno para que tenhamos uma noção clara do tipo de trabalho que podemos propor em cada estágio. Isto pode, também, evitar que caiamos na armadilha de julgar seus trabalhos a partir de critérios estéticos totalmente incompreensíveis para uma criança.
Esta é uma tarefa que não depende de um dom ou talento especial, mas que requer conhecimento, planejamento adequado e constância. Não pode, portanto, ficar confinada a dias de festa ou para quando sobra um tempo.
Para poder expressar suas ideias e emoções com traços, cores e formas, as crianças precisam ter experiências com materiais variados para que adquiram habilidades no uso de diferentes meios de comunicação. Para isto, precisam de muito tempo e muitas oportunidades para desenharem, pintarem, modelarem, construírem objetos, conquistando, assim, um domínio sempre crescente sobre os instrumentos de criação. (...)
Estamos falando, portanto, de um processo de alfabetização, que tem como objetivo tornar os alunos aptos a produzir e ler produções visuais, cênicas e musicais. Quando possibilitamos o acesso a uma multiplicidade de formas de registro, por meio de diferentes instrumentos – desde o lápis, o pincel, a câmera fotográfica até o computador e o vídeo – podemos facilitar sua capacidade de interlocução com o mundo. (...) Ana Angélica Albano

Nenhum comentário:

Postar um comentário