Licensa

30/10/2012

Estágio supervisionado em Psicologia Escolar: desmistificando o modelo clínico

01_large
(...) "Sabemos que há conflitos e tensões na aproximação entre a Psicologia e a educação, mas isso não implica negação da participação e da contribuição da ciência psicológica para a educação. Segundo Urt, “a contribuição da Psicologia para a educação infantil deve centrar-se em uma base primordial: é preciso conhecer quem aprende e como se desenvolve"” (p. 13).
Urt, S. da C. (2000). Psicologia e práticas educacionais. Campo Grande, MS: Editora UFMS.
(...) "De acordo com Facci (2008), só faz sentido o trabalho do psicólogo na escola se ele tiver consciência de que vai colaborar na função da escola, que é levar o aluno a se apropriar do conhecimento científico produzido na humanidade. Assim, a função do psicólogo é, muitas vezes, lidar com o sofrimento daquele que não consegue aprender, assim como mostrar ao professor/a como se dá a aprendizagem do/a aluno/a, ou seja, qual a relação entre o desenvolvimento e a aprendizagem. Enfim, deve procurar entender como o professor/a está ensinando e como o aluno/a está aprendendo".
Facci, M. G. D. (2008). Notas sobre o I Encontro Regional de Psicologia Escolar e Educacional. Campo Grande: CRP/14ª Região, MS/MT.
A estagiária Márcia Regina Salviano Moreira, aluna da Associação Cultural e Educacional de Garça - ACEG iniciou seu estágio em nossa escola a partir de 01/08/12 com previsão de término em 08/12/12. Em conjunto com a direção estabelecemos o foco do trabalho: a inclusão.
Objetivo geral:
1. Aplicar na prática os ensinamentos adquiridos no curso e assim obter experiência no âmbito escolar. 
2. Estimular a reflexão do que são regras e a importância delas na sociedade com o objetivo de um melhor comprometimento a nível de comportamento dos alunos.
3. Trabalhar com o Bullying com o intuito de prevenção e conscientização desse mal que assola não só o campo educacional, mas outros setores da sociedade.
Atividades de estágio:
1. Observação da sala de aula para se definir os objetivos a serem trabalhados.
2. Reunião com o professor para trocar ideias, obter informações e pontuar a intervenção.
3. Reunião com a direção para definir a intervenção, dia e horário que poderiam ocorrer.
4. Aula sobre a importância das regras com suporte de vídeo com apresentação utilizando o projetor multimídia, desenhos e calendário didático confeccionado em EVA.
5. Recompensa pelo bom comportamento com filme, pipoca e refrigerante 15 dias após a primeira atividade sobre regras.
Apresentação do vídeo e discussão sobre o tema:
Elaboração coletiva das regras:
Material utilizado:
(...) Inúmeras perguntas surgem a partir de uma leitura contextualizada e histórica da prática do Psicólogo Educacional e a partir das tarefas acima mencionadas. Tais perguntas podem ser acrescidas das seguintes: como promover o desenvolvimento integral do ser? Quais as intervenções psicopedagógicas mais adequadas? Como integrar a família no processo de aprendizagem? Como atender às necessidades individuais dos alunos no atual sistema educacional? Enfim, parece que a crise atual da psicologia educacional se encontra na impossibilidade de responder tais perguntas a partir do paradigma que até então regia nossa prática.
Para diferenciar-se, portanto, o Psicólogo Educacional que adentra uma instituição escolar, consciente do momento histórico de sua especialidade, precisa de início mostrar uma outra postura. Uma reunião inicial com a equipe pedagógica (orientadores e supervisores e direção, assim como professores) é mais que necessária, não só para colher dados concretos acerca da escola, mas principalmente para demonstrar que visão de sujeito o psicólogo tem, o que pensa acerca dos problemas de aprendizagem, que estratégias diferenciadas tem a oferecer além do esperado atendimento individual na sala do psicólogo.
Da mesma forma, o Psicólogo Educacional precisa criar um espaço para escutar as demandas da escola e pensar maneiras de lidar com situações que são cotidianas. Precisa criar formas de reflexão dentro da escola, com todos os sujeitos (alunos, professores e especialistas) para que se possa trabalhar com suas relações e paradigmas. (...)
Finalmente, precisa ter a cautela para diferenciar problemas e para que as soluções sejam as mais justas e eficazes, ou seja, se um aluno é portador de necessidade especial, certamente um olhar organicista poderá ajudar na criação de estratégias de intervenção. O que aqui desejo afirmar é que não se pode descartar a possibilidade de existência de problemas de ordem congênita ou familiar, mas não justificar todo e qualquer comportamento inesperado de um aluno como fator de desajuste do próprio aluno. Fonte

29/10/2012

Leishmaniose Visceral Americana

Animais aguardam novo lar em canil no Centro de Zoonoses (Foto: Marina Fontenele/G1 SE)
A professora do terceiro ano - Paula Swenson Lima Betoni convidou o senhor Arley Coelho Dias - coordenador do setor de zoonoses de Marília - SP, formado em biomedicina para ministrar uma palestra para os alunos da sua turma sobre a Leishmaniose. 
O que é?

Doença transmitida pelo inseto chamado FLEBOTOMÍNEO, também conhecido como mosquito-palha ou birigui que, ao picar, introduz na circulação do hospedeiro o protozoário Leishmania chagasi. Ver post do dia 07/09/12 intitulada: "Campanha contra Leishmaniose - Proteja seu cachorro e sua família".

Transmissão:
A doença não é contagiosa e a transmissão do parasita ocorre apenas através da picada do mosquito fêmea infectado. 
Nos centros urbanos a transmissão se torna potencialmente perigosa por causa do grande número de cachorros, que adquirem a infecção e se transformam em reservatórios. Ver post do dia 20/09/12 intitulada: "Campanha contra Leishmaniose continua...
Tratamento 
Ainda não foi desenvolvida uma vacina contra a leishmaniose visceral para os humanos. Porém, a doença pode ser curada nos homens, mas não há comprovação de cura nos animais. 
O tratamento nos humanos é realizado pelo SUS. 
O tratamento no cães existe, mas é proibido no Brasil pela Portaria Ministerial nº 1426/2008, pelo fato de animais tratados poderem continuar como reservatórios da doença depois de curados. Por esse motivo, o sacrifício (eutanásia) dos animais doentes é indicado por lei.
Veja as fotos:

Polêmica
O sacrifício dos cães é uma ação que vem sendo discutida. A eutanásia é determinada pela Portaria 1426, de 11 de julho de 2008. No entanto, a Associação Nacional de Clínicos Veterinários questiona essa necessidade de matar todos os cães em que o exame para leishmaniose visceral der positivo. Defende-se que os cães que foram tratados apresentam baixa capacidade de disseminação da doença. Além disso, outra dúvida a respeito da eficácia desse método vem do fato de que o sacrifício de cada vez mais cães não trouxe uma diminuição no número de casos da doença. 

28/10/2012

Vincent Van Gogh - Starry Starry Night with Don Mclean


Começou a atuar profissionalmente ainda jovem, por volta dos 15 anos de idade. Trabalhou para um comerciante de arte da cidade de Haia. Com quase vinte anos, foi morar em Londres e depois em Paris, graças ao reconhecimento que teve. Porém, o interesse pelos assuntos religiosos acabou desviando sua atenção e resolveu estudar Teologia, na cidade de Amsterdã. Mesmo sem terminar o curso, passou a atuar como pastor na Bélgica, por apenas seis meses. Impressionado com a vida e o trabalho dos pobres mineiros da cidade, elaborou vários desenhos à lápis.
Resolveu retornar para a cidade de Haia, em 1880, e passou a dedicar um tempo maior à pintura. Após receber uma significativa influência da Escola de Haia, começou a elaborar uma série de trabalhos, utilizando técnicas de jogos de luzes. Neste período, suas telas retratavam a vida cotidiana dos camponeses e os trabalhadores na zona rural da Holanda.
O ano de 1886, foi de extrema importância em sua carreira. Foi morar em Paris, com seu irmão. Conheceu, na nova cidade, importantes pintores da época como, por exemplo, Emile Bernard, Toulouse-Lautrec, Paul Gauguin e Edgar Degas, representantes do impressionismo. Recebeu uma grande influência destes mestres do impressionismo, como podemos perceber em várias de suas telas.
Dois anos após ter chegado à França, parte para a cidade de Arles, ao sul do país. Uma região rica em paisagens rurais, com um cenário bucólico. Foi neste contexto que pintou várias obras com girassóis. Em Arles, fez único quadro que conseguiu vender durante toda sua vida : A Vinha Encarnada
Convidou Gauguin para morar com ele no sul da França. Este foi o único que aceitou sua ideia de fundar um centro artístico naquela região. No início, a relação entre os dois era tranquila, porém com o tempo, os desentendimentos foram aumentando e, quando Gauguin retornou para Paris, Vincent entrou em depressão. Em várias ocasiões teve ataques de violência e seu comportamento ficou muito agressivo. Foi neste período que chegou a cortar sua orelha. 
Seu estado psicológico chegou a refletir em suas obras. Deixou a técnica do pontilhado e passou a pintar com rápidas e pequenas pinceladas. No ano de 1889, sua doença ficou mais grave e teve que ser internado numa clínica psiquiátrica. Nesta clínica, dentro de um mosteiro, havia um belo jardim que passou a ser sua fonte de inspiração. As pinceladas foram deixadas de lado e as curvas em espiral começaram a aparecer em suas telas.

O fazer artístico ...

Tumblr_lkfbij38fg1qzcspxo1_500_large
As Artes Visuais expressam, comunicam e atribuem sentido a sensações, sentimentos, pensamentos e realidade por meio da organização de linhas, formas, pontos, tanto bidimensional como tridimensional, além de volume, espaço, cor e luz na pintura, no desenho, na escultura, na gravura, na arquitetura, nos brinquedos, bordados, entalhes, etc.
O movimento, o equilíbrio, o ritmo, a harmonia, o contraste, a continuidade, a proximidade e a semelhança são atributos da criação artística. A integração entre os aspectos sensíveis, afetivos, intuitivos, estéticos e cognitivos, assim como a promoção de interação e comunicação social, conferem caráter significativo às Artes Visuais.
As Artes Visuais estão presentes no cotidiano da vida infantil. Ao rabiscar e desenhar no chão, na areia e nos muros, ao utilizar materiais encontrados ao acaso (gravetos, pedras, carvão), ao pintar os objetos e até mesmo seu próprio corpo, a criança pode utilizar-se das Artes Visuais para expressar experiências sensíveis.
Tal como a música, as Artes Visuais são linguagens e, portanto, uma das formas importantes de expressão e comunicação humanas, o que, por si só, justifica sua presença no contexto da educação, de um modo geral, e na educação infantil, particularmente. (...)
Alunos do terceiro ano - Professora Paula Swenson
(...) A arte da criança, desde cedo, sofre influência da cultura, seja por meio de materiais e suportes com que faz seus trabalhos, seja pelas imagens e atos de produção artística que observa na TV, em revistas, em gibis, rótulos, estampas, obras de arte, trabalhos artísticos de outras crianças, etc.
Embora seja possível identificar espontaneidade e autonomia na exploração e no fazer artístico das crianças, seus trabalhos revelam: o local e a época histórica em que vivem; suas oportunidades de aprendizagem; suas ideias ou representações sobre o trabalho artístico que realiza e sobre a produção de arte à qual têm acesso, assim como seu potencial para refletir sobre ela. (...)
Referencial curricular nacional para a educação infantil / Ministério da Educação e do Desporto, Secretaria de Educação Fundamental. — Brasília: MEC/SEF, 1998.

25/10/2012

Curso: "Professor onde está o seu valor"?

Tumblr_ln0qc0kxms1qfola7o1_500_large
No encontro deste mês assistimos o filme que será descrito abaixo. Não será preciso explicar com detalhes o quanto a temática me tocou e o porque fiquei extremamente emocionada!!! Só tenho a agradecer pela oportunidade de estar participando de momentos tão importantes tanto para minha formação pessoal, espiritual, quanto profissional! Muito obrigado Gilson e Erika. (ver post também no blog EMEF Américo Capelozza)
Mary e Max é um filme encantador que fala do Amor: um verdadeiro amor, diferente, improvável; um amor fraterno.
É a história de uma amizade entre uma jovem menina Australiana de 8 anos Mary Daisy Dinkle e um senhor Nova Yorquino chamado Max Jerry Dorowitz de 44 anos. Apesar de viverem afastados, de terem uma grande diferença cultural, de idade e viverem em mundos totalmente diferentes, sincronicamente suas vidas se cruzaram num encontro genuíno: um reencontro de Almas...
Baseado em fatos reais, o filme, usa a descrição, a delicadeza e o humor para tratar de temas sérios, profundos e complexos como: abandono, rejeição, transtornos psíquicos, obesidade mórbida, alcoolismo, bullying, homossexualismo...


24/10/2012

Mérito Rotário - Homenagem aos professores

Tumblr_m3iboeojos1r6qccjo1_500_large
O ROTARY É A MAIOR E MAIS RESPEITÁVEL ORGANIZAÇÃO NÃO GOVERNAMENTAL DA HUMANIDADE

Rotary Club, é um Clube de Profissionais, que congrega líderes das comunidades em que vivem ou atuam, fomentando um elevado padrão de ética ajudando a estabelecer a paz e a boa vontade no mundo, e que prestam serviços voluntários não remunerados em favor da sociedade como um todo ou beneficiando em casos específicos, pessoas necessitadas ou entidades que atuam também em favor de desamparados.

Fundado por Paul Harris, em Chicago USA, em 23/02/1905, tem hoje representação em 207 países, estando o Rotary dividido em 532 Distritos, nos quais se aglutinam a apreciável marca de 33.054 Clubes, congregando 1.228.910 sócios. 

No Brasil temos 52.148 Rotarianos, 2.305 Clubes, 38 Distritos, 626 Rotaract Clubs, 689 Interact Clubs e 9.447 Rotarianas.

A vertiginosa expansão da filosofia rotária, entusiasmando esta imensa legião de voluntários pelo mundo, todos eles irmanados no ideal de servir, é a maior prova do acerto de Paul Harris ao fundar esta maravilhosa organização. Fonte

"DAR DE SI ANTES DE PENSAR EM SI"
No dia de hoje eu e uma das minhas auxiliares de direção professora Eliane Patrícia Bento, fomos homenageadas, representando todos os professores, pelo Rotary Club Marília Tradição. O evento aconteceu nas dependências do Hotel Sun Valley. Teve início as 7 horas com um delicioso café da manhã. Veja fotos abaixo:
Após esse momento de confraternização e descontração, nos dirigimos a sala de reunião, onde os sócios deram início a mais um encontro. 
Todos os anos, no mês de outubro, algumas profissões são homenageadas. Neste ano as profissões indicadas pela comunidade foram: sapateiro, alfaiate, veterinário e professor. Após um bonito e emocionante discurso ressaltando a importância de cada profissão, o diploma de "Mérito Rotário" foi entregue a cada profissional, seguido de homenagens, aplausos e fotos.
A nossa homenagem:
"Sempre aposte e trabalhe para que seu hoje seja sempre melhor que seu ontem, fazer isso servirá para você crescer em qualquer campo ou área... Pois a alegria e satisfação de ter superado um desafio supre todo cansaço e desgaste gerado pelo duro caminho percorrido!" Hudson Pessini

"As vezes eu me deparo com pessoas que acho que jamais irão me servir de algo, no fim, são as únicas que me ajudam". SirFhodastic
Uma mensagem para reflexão ...
"Servir sem amor torna-se apenas ato mecanizado desprovido de conteúdo. Hipocrisia, e, portanto, apenas vaidade". Davi Marcelo Galdino

22/10/2012

Entrevista com o professor e escritor Helter Bochi

Tropical-red-eyed-tree-frog-13632_large
Os alunos do primeiro ano G do período da tarde - professora Flávia Simone Rodolfo da Silveira se encantaram com a história do livro "Contos de Sapos" contada pelo próprio autor: professor Helter Bochi
Saponildo é um sapo pra lá de galanteador, que sempre usa do seu charme e de seus dotes “reais” para ganhar uns beijinhos.
Um dia, eis que se aproxima do brejo que ele habita uma linda princesa. E ele não perde tempo. Joga logo toda a sua lábia anfíbia para ganhar uma bitoca.
Porém, um fato inesperado acontece... Para saber o que rolou nesse encontro, comece a ler e descubra! Fonte
A história:
Contos de Sapos”, de Helter Bochi, é um excelente livro para contar e recriar junto com os pequenos um dos enredos mais famosos dos contos de fadas. Além das lindas ilustrações de Glair Arruda, o texto é leve e surpreendentemente divertido!
Interdisciplinaridade: Língua Portuguesa, Linguagem Oral e Escrita e Estudos Sociais.
Transversalidade: meio ambiente, temas locais e pluralidade cultural.
Propostas: criar um painel com dobraduras dos personagens.
Indicações: - Educação Infantil e séries iniciais do Ensino Fundamental
Entrevista com o autor:
1. Você gosta de ler?
2. Você é amigo da professora?
3. Você se acha uma pessoa talentosa?
4. Você escreve e desenha?
5. Você tem filhos?
6. Você escreveu ou quer escrever outros livros?
Interação com o leitor ...
Para finalizar ... outra história ...
Veja post do dia 26/10/12 no Blog da EMEF Prof. Américo Capelozza sobre a mesma atividade realizada com os alunos da escola inteira (primeiro ao quinto ano), Vale a pena conferir!!!

IV Exposição Pedagógica da EJA

Woman-reading_large
Nos dias 18 e 19 de outubro de 2012 aconteceu a IV Exposição Pedagógica da EJA (Educação de Jovens e Adultos), nas dependências da Secretaria Municipal da Educação de Marília - SP. As escolas participantes foram: EMEF Nelson Gabaldi, EMEF Cecília A. Guelpa, EMEF Nivando Mariano dos Santos, EMEF Nicácia Garcia Gil, EMEF Olímpio Cruz, EMEF Paulo Freire e EMEF Américo CapelozzaO objetivo foi socializar "saberes e práticas". 
"Todo amanhã se cria num ontem, através de um hoje. Temos de saber o que fomos, para saber o que seremos”
EMEF Prof. Américo Capelozza
Professora - Luciana Cássia Pereira
Título: "Jornal: Leitura de Mundo"
O jornal é um dos principais meios de comunicação utilizados pela população. O hábito de ler notícias forma um sujeito informado sobre o que acontece no mundo que o cerca, sendo capaz de opinar e tomar decisões. 
Dessa forma, realizamos em nossa turma o Projeto "Leitura de Mundo", a partir de textos jornalísticos, notícias envolvendo fatos da nossa cidade, bem como notícias que ganharam enfoque nacional, fizeram parte de nossas leituras em sala de aula e serviram de base para a aprendizagem da leitura e da escrita, e principalmente, para conhecimento do que acontece no mundo a nossa volta. Além disso, os alunos tiveram oportunidade de criar seu próprio jornal com textos autorais, produzidos durante nossas aulas. (ver post do dia 26/09/12)
Apresentação cultural das demais escolas:
Apresentação do vídeo da nossa escola:
Apresentação cultural da nossa escola
Jornal falado: Notícias que gostaríamos de ouvir na vida real
1 – CÍCERO : Cientistas brasileiros descobrem vacina para a cura da AIDS 
2 – MARIA MADALENA: Cientistas descobrem a cura do câncer 
3 – IZABEL: Aumenta a oferta de emprego na cidade 
4 – JOSEFA MARINHO: Violência diminui em Marília 
5 – LEONICE : Aumenta o numero de médicos nos hospitais 
6 – JOSEFA PAIXÃO: Aposentadoria sobe 80% 
7 – IVANILDE: Educação de Marília fica em primeiro lugar no Brasil 
8 – SEBASTIANA: Diminui o número de idosos nos asilos 
9 – OLÍVIA : Salário mínimo sobe para 800 reais 
10 – GEROSINA: Diminuem as mortes no transito 
11 – LELIANE: Passagem de ônibus fica mais barata 
12 – ANTONIO: Brasil acaba com políticos corruptos 
13 – DEMÉCIO: Crianças de rua ganham lugar para morar 
14 – JESUS: Brasil acaba com trabalho infantil 
15 – DENI: SUS melhora atendimento e acaba com as filas
Exposição demais escolas:
Exposição Capelozza:

21/10/2012

Quem é ... Quem é???

Tumblr_m2l6fxejt21rrzxmao1_500_large
A professora Paula Ribeiro do quinto ano do período da manhã teve uma ideia muito interessante e criativa. Solicitou por e-mail (enviado a todos os funcionários e professores da escola) uma foto de quando eles eram crianças. Aqueles que quiseram colaborar trouxeram. A professora e a turma montaram um bonito painel que se encontra no pátio da escola, com intuito de homenagear professores e funcionários pelo seu dia, além de realizar uma gostosa brincadeira interativa que envolveu a todos. Abaixo de cada foto há uma dica, escolhida pela própria pessoa. O tempo todo, é possível observar, professores, funcionários e especialmente as crianças tentando adivinhar quem é (...) Quando descobrem, é uma alegria só!!! Confira:


(...) "Mas é preciso juntar à humildade com que a professora atua e se relaciona com seus alunos, uma outra qualidade, a amorosidade, sem a qual seu trabalho perde o significado. E amorosidade não apenas aos alunos, mas ao próprio processo de ensinar. Devo confessar que, sem nenhuma cavilação, não acredito que, sem uma espécie de “amor armado”, como diria o poeta Tiago de Melo, educadora e educador possam sobre-viver às negatividades de seu que-fazer. Às injustiças, ao descaso do poder público, expresso na sem-vergonhice dos salários, no arbítrio com que professoras e não tias que se rebelam e participam de manifestações de protesto através de seu sindicato, são punidas mas apesar disso continuam entregues ao trabalho com seus alunos". (...) Trecho do livro "Professora sim, tia não - cartas a quem ousa ensinar", de Paulo Freire. 

Vamos falar de gente ...

Tumblr_luqml3yuxo1qi8tbfo1_500_large
Vamos falar de gente, de pessoas...
Existe, acaso, algo mais espetacular do que gente?
Pessoas são um presente.
Algumas tem um embrulho bonito,
como os presentes de Natal, Páscoa ou festa de aniversário.
Outras vêm em embalagem comum.
E há as que ficaram machucadas no correio...
De vez em quando uma Registrada.
São os presentes valiosos. 
Algumas pessoas trazem invólucros fáceis.
De outras, é dificílimo, quase impossível, tirar a embalagem.
É fita durex que não acaba mais... 
Mas... a embalagem não é o presente.
E tantas pessoas se enganam, confundindo a embalagem com o presente.
Por que será que alguns presentes são complicados para a gente abrir?
Talvez porque dentro da bonita embalagem haja muito pouco valor.
E bastante vazio, bastante solidão. A decepção seria grande. 
Também você amigo.
Também eu.
Somos um presente para os outros.
Você para mim, eu para você. 
Triste se formos apenas um presente-embalagem:
muito bem empacotado e quase nada, lá dentro! 
Quando existe verdadeiro encontro com alguém,
no diálogo, na abertura, na fraternidade,
deixamos de ser mera embalagem e passamos à categoria de reais presentes.
Nos verdadeiros encontros humanos,
acontecem coisas muito comoventes e essenciais:
mutuamente nós vamos desembrulhando, desempacotando, revelando... 
Você já experimentou essa imensa alegria da vida?
A alegria profunda que nasce da alma,
quando duas pessoas se comunicam virando um presente uma para outra? 
Conteúdo interno é segredo
para quem deseja tornar-se Presente aos irmãos de cada estrada
e não apenas embalagem...
Um presente assim não necessita de embalagem.
É a verdadeira alegria que a gente sente e não consegue descrever,
só nasce no verdadeiro encontro com alguém.
A gente abre, sente e agradece a Deus.
S. Sheider H. Hartmann
Dinâmica: Protetor / Protegido
Fazemos um curso todos os meses - professores, coordenadores, auxiliares de direção e diretores - cujo objetivo é essencialmente "cuidar do educador". Para isso, uma das atividades proposta pela psicóloga Tânia Paula foi a dinâmica citada acima, que funciona mais ou menos como um amigo secreto, com o diferencial que não havia a necessidade de "presentear" seu "protegido", mas fazer-se presente na vida dele (a) de forma criativa e constante. Trocamos mensagens, bilhetes, pequenos mimos por aproximadamente dois meses. No último encontro fizemos a revelação do nosso protegido (e descobrimos nosso protetor) além de compartilharmos o que essa experiência nos fez refletir (...). Abaixo está minha "protegida" professora Flávia da EMEF Nivando Mariano dos Santos. Adorei a experiência!!! Tenho certeza que nos tornaremos grandes amigas (...)
Fotos do grupo: 
Minha Protetora:
“Amigo, obra-prima que conta o milagre que acontece toda vez que a vida arruma um modo para aproximar as almas irmãs. Buquê de risos desarmados, olhares que ouvem, abraços que dizem. Árvore frondosa e a sombra dela, onde podemos descansar um pouco, ouvir o canto bom de um passarinho e outro, sorrir para a folha que sabe dançar mesmo quando cai. Lugar de azul macio quando faz sol no coração da gente e quando as chuvas mais fortes alagam nossos olhos. Canção feita de acordes que acordam belezas que às vezes demoram à beça para cantar de novo. Uma ideia feliz do quanto o amor é pura arte.”
Ana Jácomo

20/10/2012

Faça um limerique


Dare175_large


Brincadeira e consciência ecológica ...

Tumblr_m72mf598se1r0c701o1_500_large
Nossa sociedade mudou, temos uma inversão de papeis e valores, mais informação do que podemos absorver, a mulher trabalha fora, o avanço tecnológico é grande, a família mudou, a criança mudou, o aluno e a escola também mudaram. As mudanças tecnológicas mudaram as formas de brincadeiras. As crianças deixaram de brincar na rua, jogar bola, pular amarelinha e passaram a jogar videogames e jogos de computador, ignorando o sol que brilha a convidar as brincadeiras na rua. (...) Este desenvolvimento, para Wallon, se dá através de uma interação entre ambientes físicos e sociais, sendo que os membros desta cultura, como pais, avós, educadores e outros, ajudam a proporcionar à criança participar de diferentes atividades, promovendo diversas ações, levando a criança a um saber construído pela cultura e modificando-se através de suas necessidades biológicas e psicosociais. Por isso, a importância da brincadeira, pois é a criação de uma nova relação entre situações do pensamento e situações reais. Brincar é coisa muito séria. Toda criança deveria poder brincar. A brincadeira contribui para o processo de socialização das crianças, oferecendo-lhes oportunidades de realizar atividades coletivas livremente, além de ter efeitos positivos para o processo de aprendizagem e estimular o desenvolvimento de habilidades básicas e aquisição de novos conhecimentos. Fonte
Alunos do segundo ano - Prof. Juliana Abdo
Brinquedos feitos a partir de reciclagens
Veja mais algumas dicas verdes, feitas com pets, cones, latas que formam estes brinquedos feitos a partir de reciclados.

Brinquedos Feitos a Partir de Reciclagens

Aqui os cones de linha fazem a alegria da criançada, em forma do brinquedo “atira argolas”
Brinquedos Feitos a Partir de Reciclagens
Este tabuleiro de damas foi feito com papelão pintado e tampinhas de garrafas plásticas.
Brinquedos Feitos a Partir de Reciclagens
Este jogo é conhecido como ”cai não cai” um jogo que exercita a paciência, ótimo para divertir a família toda!
Dicas de Brinquedos Reciclados
Este é o pega bola, feito de garrafa de amaciante e uma bolinha de papel.

Dicas de Brinquedos Reciclados
As crianças vão se amarrar em fazer este robozinho, com pernas e cabeça de tampinhas coloridas. Com tantas opções fica fácil criar um.
Brinquedos Artesanais - Robôs de Garrafas PetBrinquedos Artesanais - Robôs de Garrafas Pet
Visite "Recicla e decora" e tenha mais ideias interessantes para fazer com seus alunos.