Licensa

19/09/2012

Entrevista com o escritor Vitor Dias da Silva

Tumblr_lg5e9admds1qag73jo1_500_large
Através da mídia local, soubemos que um ex aluno da nossa escola havia publicado um livro inspirado na era medieval intitulado "O Recomeço da Era" (post em 29/08/12). A professora Paula Ribeiro Bernardes da Silva que leciona no quinto ano A, comprou o livro e leu para seus alunos. A partir disso, surgiu a ideia de convidar o autor para retornar a nossa escola (agora na condição de escritor) para contar para os alunos como está sendo essa experiência de escrita (autoria): dificuldades, desafios, a questão do tempo, etc.
Em 16/09/12 postamos neste blog os contatos realizados entre os alunos desta turma e o escritor através de e-mail. O evento ficou agendado para o dia 18/09/12. 
O jovem chegou a escola acompanhado do pai. A turma o aguardava bastante entusiasmada. Veja as fotos abaixo:
Algumas perguntas foram elaboradas coletivamente e alguns alunos ficaram responsáveis pelo encaminhamento da discussão. Abaixo colocamos a foto e a pergunta feita por cada criança:
O que te inspirou a fazer o livro?
Como surgiu o livro?
Você imaginava que iria ser um escritor? E lançar o livro “O recomeço da era”?
Você era um bom aluno?
Qual é seu escritor preferido?
Qual personagem do seu livro você mais gosta?
É difícil ser escritor?
Porque o título “O recomeço da era”?
Quem ilustrou seu livro?
Quanto tempo demorou para fazer o livro?
Você precisou de ajuda?
Como você fez para escrever esse livro “ O recomeço da era”?
O que você está achando dessa experiência?
Reencontro:
Dedicatória:
Autógrafos:
O que nós queríamos que essa atividade proporcionasse aos nossos alunos? 
A compreensão que: Texto, em seu sentido original, significa “aquilo que foi tecido”. Tanto no texto quanto no tecido, está presente a ideia dos fios que são tramados, entrelaçados para criar um todo. E quando olhamos para esse todo – seja o tecido, seja o texto – nem percebemos os vários fios; enxergamos algo que é uma unidade. O que torna isso possível em um texto é a ordem lógica das várias ideias que o compõem. Essa lógica é fruto do esforço do autor que tenta estabelecer uma ligação entre elementos específicos de um trecho escrito e o trecho seguinte. Quando o autor consegue que as ideias fiquem bem ligadas, os leitores têm a sensação de clareza. Nesse caso, o autor está garantindo ao leitor todas as possibilidades de ser compreendido”. Claudio Bazzoni
Escrever não é um trabalho fácil, simples, rápido, mas pode ser muito prazeroso e gratificante. Todo escritor se dedica, pesquisa, faz escolhas, desiste de escolhas feitas anteriormente, rele, retoma, refaz, recomeça, amplia, enfim (...) é um desafio grande sim, mas que pode ser atingido por qualquer pessoa que tenha vontade, dedicação, paciência e persistência! É isso!
(...) "a necessidade, o desejo de aprender, o motivo, enfim, que leva a criança a querer aprender é elemento essencial no processo de apropriação sem necessidade ou desejo, não acontece apropriação efetiva. Deste ponto de vista, se quisermos que as crianças se apropriem efetivamente do conhecimento, precisamos criar nelas o desejo e a necessidade do objeto a ser conhecido. É o desejo ou necessidade que a criança tem pelo resultado da atividade que dá sentido ao seu fazer". Suely Amaral Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário