Licensa

10/08/2012

Por dentro do mundo de Jorge Amado

Foto:
"Jorge Amado tem a capacidade de desconstruir preconceitos, conquistando a simpatia do leitor para este ou aquele personagem que, em tese, poderia causar algum temor", diz a professora Norma Seltzer Goldstein
Jorge Amado é um escritor irresistível, capaz de despertar o interesse dos mais variados leitores dentro e fora do País. Muitos são os predicados literários, caso de sua capacidade de narrar histórias como se elas já fossem do conhecimento geral, apimentadas por situações divertidas, outras, sensuais, e onde cabe aqui e ali o uso do vocabulário vulgar.
As características da obra amadiana são razão de estudo de uma gama enorme de especialistas, caso de duas paulistanas – mãe e filha, respectivamente Norma Seltzer Goldstein (professora de Pós-Graduação em Filologia e Língua Portuguesa da Universidade de São Paulo - USP) e Ilana Seltzer Goldstein (mestre e doutora em Antropologia da USP, autora de “O Brasil Best-seller de Jorge Amado: Literatura Nacional”). No caso de Norma, ela se aproximou dos livros de Amado ainda adolescente para depois, no curso de Letras que frequentou na USP, aprofundar o conhecimento sobre o tema. Já Ilana, de tanto ouvir falar do Brasil a partir do futebol, do samba e dos livros de Jorge Amado – eram os anos 90 e ela viajava pela França e Alemanha –, voltou para casa decidida a usar literatura do escritor baiano na sua pesquisa sobre a identidade nacional.
Um raio X sobre a literatura de Jorge Amado é destaque nas entrevistas a seguir.
As singularidades da obra de Jorge Amado, por Norma Goldstein – clique aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário