Licensa

05/07/2012

Renascer a cada manhã

A Fênix, um pássaro da mitologia grega, que quando morria seu corpo se auto destruía pelo fogo, pelo que o pássaro voltava a renascer das próprias cinzas. Eis aqui uma metáfora da própria vida:

Durmo todas as noites como se morresse
Renascendo esperançoso a cada manhã
E nas tardes da vida amadurecesse
Aprendendo humildemente em mente sã

E qual Fênix que das cinzas vê renascer,
Faz o passado pertencer ao esquecimento
Depositado no devido tempo de crescer
O presente, esse rege ao dever momento
O futuro, é o perpétuo sonho de renascer

Nenhum comentário:

Postar um comentário