Licensa

25/03/2012

Você sabe o que é um "Pentominó"?

Não sabe? Pois é! Nem eu sabia, até ter a oportunidade de ler um dos semanários dos professores da nossa escola dias atrás. Fiquei muito interessada no material e solicitei autorização para divulgação do trabalho, bem como algumas informações sobre como a atividade se desenvolveu em sala de aula. Fiquei aguardando. Na avaliação desta semana, verifiquei que havia um comentário de que as crianças "ainda" não haviam conseguido "resolver" o desafio proposto, e que continuariam tentando (....) certamente daqui alguns dias teremos algumas observações a serem colocadas neste blog.
promo 

Introdução

Poliminos são figuras geométricas planas formadas por quadrados iguais, denominados minos, conectados entre si de modo que pelo menos um lado de cada mino coincida com um lado de outro mino qualquer. Dependendo do número de minos, o polimino recebe uma denominação diferente. Os nomes para os poliminos que possuem de um a oito minos são respectivamente monomino, dominó, triminó, tetrominó, pentomino, hexomino, heptomino e octomino. 
Existem doze pentominós diferentes e estes são nomeados usando letras do alfabeto latino de acordo com a semelhança entre o pentomino e a letra, conforme pode ser visto na Figura abaixo.

Pentominós dão origem a interessantes problemas (...). Problemas de alocação visam dispor x pentominós em uma determinada superfície, cuja área deve ser de no mínimo 5x minos. Esta superfície é denominada tabuleiro. Na Figura abaixo, pode-se encontrar uma solução para o Problema da Cobertura Exata (alocar doze pentominós distintos em um tabuleiro retangular). Este é o desafio que os alunos estão tentando resolver. Eles receberam as peças recortadas em EVA colorido e precisam "descobrir" como montar um retângulo utilizando todas as peças (sem sobrar nenhuma) conforme esquema abaixo (que eles não tiveram acesso, é claro!!!)  
A proposta de atividade mencionada acima, vem de encontro com algumas questões que foram discutidas no HEC desta semana (sobre o ensino / aprendizagem da matemática): "Procedimentos clássicos podem ser utilizados desde que tenham coerência com os objetivos do planejamento e estejam acompanhados de tempo para a reflexão e a discussão em grupo", (...) 
"O docente tem a função de criar situações didáticas em que nem tudo fica explícito (são os obstáculos). À criança cabe pensar em possíveis caminhos para resolvê-las, formulando variadas hipóteses sem ter a necessidade de dar nenhuma resposta imediata" (...)
"Depois disso, é tarefa do professor retomar o planejado, para analisar as hipóteses da turma e sistematizar o aprendizado". (...)
Agora é só aguardar as próximas postagens a respeito. OK?

Nenhum comentário:

Postar um comentário