Licensa

17/02/2012

“Pequeno Azul e Pequeno Amarelo” de LEO LIONNI

Quero destacar nesta semana o trabalho realizado por três professoras da nossa escola. O livro escolhido foi o mesmo, mas o encaminhamento da atividade, cada educadora realizou de acordo com sua turma e seu modo de trabalhar.
Um clássico infantil. O primeiro livro do grande designer Leo Lionni, que foi, entre tantas outras atividades, diretor de arte da revista Fortune por muitos anos. 
O autor inventou esta história com pedaços de papel colorido para distrair seus netos durante uma longa viagem de trem. Conta a trajetória de Pequeno Azul e seu grande amigo Pequeno Amarelo.
Certo dia, ao se encontrarem, eles se abraçam tão forte... que ficam verdes! Divertem-se bastante nessa sua nova condição. Mas, na hora de voltar para casa... seus pais não os reconhecem! E agora? 
O livro, uma grande lição de tolerância e compreensão para com o próximo, proporciona uma simpática e instrutiva iniciação ao mundo das misturas de cores. 
Editora: Berlendis e Vertecch
Professora 1: "Língua portuguesa/ artes: resgate do livro “Pequeno Azul e Pequeno Amarelo” de Léo Lionni com culminância em pintura dos polegares com várias cores, usando a pintura a dedo. Todos colocarão a digital no trabalho um do outro. 
Objetivo: visualização da beleza das diferenças. Com isso levá-los a pensar sobre respeitar todas as pessoas".
Professora 2: Hora do conto: 
"No primeiro contato com o livro o objetivo da leitura será apenas fruição, em outro momento retomaremos o material para a realização de outras atividades.
Pedirei que os alunos recontem a história do livro “Pequeno Azul e Pequeno Amarelo”, depois mostrarei novamente a caixa que utilizei para a dinâmica “Quem sou eu”, com o espelho e cada aluno deverá se olhar procurando observar os detalhes que os tornam semelhantes ou diferentes com relação aos outros. Nesse momento observarei como conseguem verbalizar essas características. Farei algumas intervenções lembrando do livro: 
a- Com quem se parecia o pequeno azul? 
b- E o pequeno amarelo? 
c- O que aconteceu quando o pequeno azul e o pequeno amarelo se abraçaram? 
d- E você, acha que se parece com seu pai? Com sua mãe? Por quê? 
e- O que você acha que tem parecido com seu pai? Ou com sua mãe? Por quê? 
f- Como são seus olhos? 
g- E sua boca? 
h- E seus cabelos? Longos? Curtos? 
i- Como você acha que é sua altura? Alto? Baixo? 
Retomarei o livro “Pequeno Azul e Pequeno Amarelo”, os alunos sentarão em grupos e entregarei inicialmente massinha amarela e azul, pedirei que misturem e vejam o que acontece, depois com tinta guache azul e amarela ilustrarão a parte do livro em que o azul e o amarelo se encontram. 
Conversaremos sobre a mistura das cores, assim como nós somos a mistura das características dos nossos pais, temos a mistura dos “sentimentos”, aprendemos coisas novas com os outros e nos transformamos em pessoas diferentes a cada dia, devemos aproveitar as trocas e “misturar” o que temos de bom com o que as outras pessoas nos oferecem para melhorarmos sempre. 
Nessa atividade farei a sugestão que utilizem a mesma forma apresentada no livro, fazendo pintura a dedo, pintarão um círculo azul e outro amarelo que deverão se encontrar para formar o verde. 
Farei as orientações necessárias aos grupos".

Professora 3: "Leitura do livro “Pequeno Azul e Pequeno Amarelo” de Leo Leonini
O objetivo da leitura é mostrar às crianças a importância da amizade e do respeito às diferenças, já que percebo que algumas crianças não querem pegar na mão ou sentar próxima de outras e em um caso especial porque a criança é negra. Isso me entristeceu bastante, portanto irei investir em leituras que trabalhe essa questão.
ARTE: 
Segundo Momento. 
*Resgate da história “Pequeno Azul Pequeno Amarelo” com a culminância da atividade de artes onde de forma coletiva os alunos irão fazer um painel colocando a marquinha dos polegares. Utilizando as cores azul e amarelo formarão a cor verde. O objetivo é representar uma situação da história e ainda mostrar a importância e a beleza da união entre as pessoas, as cores, etc".
Quer conhecer a história? Então veja o vídeo abaixo:
As imagens estão disponíveis: clique aqui 

Nenhum comentário:

Postar um comentário